segunda-feira, 5 de fevereiro de 2018

Projeto que beneficia agricultores do município e sonho da comunidade de Melancias são adiados



A Prefeitura Municipal de Apodi enviou dois importantes projetos para aprovação da Câmara de Vereadores. Um sobre a continuidade da obra de construção escola de Melancias e outro do Programa Corte de Terras para que fossem apreciados pelos vereadores. O município já dispõe do recurso para execução dos projetos em conta.

No entanto uma emenda do vereador Gilvan Alves impediu que o município usasse o recurso no valor R$ 324 mil, para dar continuidade às obras da escola do distrito de Melancias. Esse valor já se encontra nas contas da prefeitura, mas o município fica impedido de usar.

Com a ação do vereador o município ficou impossibilitado de concluir a obra, adiando um sonho da comunidade que era iniciar o ano letivo já na nova unidade de ensino. Na comunidade de Melancias há insatisfação pela ação do edil.

“A construção desta escola é um sonho da minha comunidade. Nossos alunos querem muito estudar na escola nova, o vereador prejudicou muito nossa comunidade”, comentou um morador, pai de aluno, que preferiu não se identificar.

Já o projeto do Corte de Terras o município dispõe de 100 mil reais do orçamento deste ano, mas esse valor não dá para atender a todos os agricultores da municipalidade.

De forma planejada a gestão solicitou permissão a Câmara para abertura de crédito adicional especial para início do programa Corte de Terras neste mês de fevereiro. O projeto pedindo autorização para usar 128 mil reis de recurso que se encontra nas contas da prefeitura. O mesmo também recebeu uma emenda do vereador Gilvan Alves impedindo o município de usar este recurso.

Com isso o programa corte de terras poderá sofrer atraso no seu inicio e é provável que muitos agricultores recebam o benefício com atraso, o que para o homem do campo representa um sério problema.


Lamentável que duas grandes ações importantes da gestão tenham sido prejudicadas pela ação do vereador apodiense. O fato prejudica, não a gestão Apodi cidade de Todos, mas, principalmente, o povo que fica sem serviços de extrema importância.

Nenhum comentário:

Postar um comentário